Notícias

Bolsonaro assina decreto sobre posse, porte e importação de armas, no Palácio do Planalto, na terça-feira (7) — Foto: Marcos Corrêa/PR

O decreto 9785/2019 foi assinado pelo presidente Jair Bolsonaro, nesta terça-feira (07/05/2019), em uma cerimônia no Palácio do Planalto. Um dos pontos mais esperados foi a flexibilização do Porte de Arma. A comprovação de efetiva necessidade será entendida como cumprida para CACs e outras categorias. Segue um breve resumo com as principais mudanças:

Jair Bolsonaro e Rodrigo Maia na sessão de abertura da 12ª Marcha dos Prefeitos, em Brasília. Foto: Marcos Corrêa/Presidência da República / Estadão Conteúdo

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na segunda-feira, 29/04/19, que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pautará, na próxima semana, o projeto de lei que permite a posse de armas ao produtor rural no perímetro da propriedade.

Adeptos da prática de tiro, os chamados 'CACs' aumentam arsenal e esperam regras mais flexíveis no governo Bolsonaro. Foto: Edilson Dantas / Agência O Globo

O arsenal e a concessão de registros para caçadores, atiradores e colecionadores de armas de fogo — conhecidos pela sigla CAC — deram um salto nos últimos cinco anos. As novas autorizações para a categoria aumentaram 879% no período, passando de 8.988, em 2014, para 87.989, em 2018. Hoje, há 255.402 licenças ativas no Brasil. Já o número de armas nas mãos desse grupo foi de 227.242 para 350.683 unidades, um crescimento de 54%.

O paratleta Bruno Kiefer dois trouxe para o Estado dois ouros e classificação para os Jogos Parapan-Americanos 2019 (Foto: Divulgação/Sesport)

O paratleta Bruno Kiefer encerrou sua participação nesta quarta-feira(10/04/2019) no Aberto Internacional de Tiro Esportivo, que aconteceu em Cali, na Colômbia, com dois ouros e classificação para os Jogos Parapan-Americanos 2019, em Lima, no Peru.

Imagem ilustrativa. Foto: Stevepb/Pixabay

Os deputados estaduais e os auditores fiscais do Rio de Janeiro poderão andar armados pelas ruas, depois que o governador Wilson Witzel (PSC) sancionar o projeto de lei 1.825/16, aprovado nesta quarta-feira (10/04/2019) pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) por 44 votos a 11, além de duas abstenções. O debate sobre o projeto causou polêmica e discussão na Alerj.

Termiou a Spring Cup na cidade de Worclaw na Polônia, onde nosso atleta Julio Almeida, participou de 3 provas de pistola, sempre acompanhado do técnico da CBTE, Bernardo Tobar. Julio iniciou na competição no dia 4 de abril, participando da Pistola de Fogo Central, prova em que são efetuados 60 disparos divididos em 6 séries de 10 em alvos posicionados a 25 metros de distância.

A LAAD Defence & Security - Feira internacional de Defesa e Segurança - é a maior e mais importante feira de defesa e segurança da América Latina. Conta com o Apoio institucional do Ministério da Defesa, das Forças Armadas, do Ministério da Justiça e da estrutura brasileira de Segurança Pública. A exposição reúne fabricantes e fornecedores de tecnologias para as Forças Armadas, Forças Especiais e etc, além de gestores de segurança de grandes corporações, concessionárias de serviços e infraestrutura crítica.

O presidente Jair Bolsonaro, na cerimônia de assinatura do decreto que facilitou a posse de armas no país. (Foto: Evaristo Sá 15.jan.2019/AFP)

Integrantes da bancada da bala dizem ter recebido sinal verde de Jair Bolsonaro para retomar na Câmara debate sobre um projeto que facilita o porte de armas. O presidente da Frente Parlamentar da Segurança Pública, Capitão Augusto (PR-SP), chamou reunião com o grupo para quarta-feira (30/01/2019).

Na disputa da pistola de ar, o brasileiro acabou terminando a final com a oitava colocação, Felipe Wu é 23º

No terceiro dia de competições no IWK de Munique, o Brasil conseguiu um resultado ainda melhor no sábado (26/01/2019), na Alemanha. Depois de ter terminado em 9º na sexta-feira (25), Julio de Almeida conseguiu se classificar para a decisão e acabou terminando na 8ºposição. Felipe Wu acabou com o 23º lugar.

Com o decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) facilitando a posse de armas, a Taurus deve ser, por enquanto, a empresa beneficiada com a medida. A companhia é a principal fabricante e vendedora de armas em atuação no país e, devido às legislações vigentes, tem uma espécie de “reserva de mercado”, principalmente para pistolas, que só pode ser quebrada com autorização do Exército e do governo.

© Sérgio Lima General Augusto Heleno comandará o Gabinete de Segurança Institucional no governo Bolsonaro

O futuro ministro do Gabinete de Segurança Institucional, General Augusto Heleno, comparou neste domingo (30.dez.2018) a posse de armas à posse de carros.

A posse da arma, desde que seja concedida a quem está habilitado legalmente, e essa habilitação legal virá por meio de algum instrumento, decreto, ou alguma lei, alguma coisa que regule, (…) se assemelha à posse de um automóvel“, disse.

LOJA MAHRTE SP

GUNPASS

Gunpass

PRO ARMAS

TEES BRAZIL

OLGun

ANUNCIE AQUI

{loadformmaker 13}