Acompanhe também

Notícias

“Walmart vai parar de vender alguns tipos de munição e deixar mercado de pistolas

“Memorial em homenagem às 22 vítimas fatais do tiroteio em um Walmart em El Paso, estado americano do Texas, em 6 de agosto de 2019| Foto: Mark RALSTON / AFP” 

A rede de mercados Walmart, dos Estados Unidos, deixará de vender munição para fuzis de assalto e não permitirá mais que os clientes portem armas de fogo abertamente, depois que dois tiroteios em lojas da empresa nos EUA no mês passado deixaram 24 pessoas mortas. O varejista também concluirá sua saída do mercado de pistolas encerrando as vendas no estado do Alasca.

“Memorial em homenagem às 22 vítimas fatais do tiroteio em um Walmart em El Paso, estado americano do Texas, em 6 de agosto de 2019| Foto: Mark RALSTON / AFP” 

A rede de mercados Walmart, dos Estados Unidos, deixará de vender munição para fuzis de assalto e não permitirá mais que os clientes portem armas de fogo abertamente, depois que dois tiroteios em lojas da empresa nos EUA no mês passado deixaram 24 pessoas mortas. O varejista também concluirá sua saída do mercado de pistolas encerrando as vendas no estado do Alasca.

A decisão do maior varejista do país reflete uma mudança radical na maneira como as empresas americanas abordam o controle de armas, segundo analistas e especialistas em comunicação. Em um momento em que o país enfrenta um massacre após outro, os executivos disseram que era hora de se posicionar, mesmo que isso significasse irritar alguns de seus clientes mais fiéis.

O Walmart diz que vai parar de vender munição para revólveres e rifles de cano curto – incluindo cartuchos que podem ser usados ​​em armas de estilo militar – depois de vender o seu estoque atual. O Walmart vende armas em cerca de metade de suas 4.750 lojas nos EUA e continuará vendendo rifles de cano longo e armas de caça, bem como outras armas de fogo e munição para caça e tiro esportivo, disse o executivo chefe Doug McMillon. A rede também continuará a permitir que os clientes portem armas de fogo escondidas em suas lojas, desde que tenham as devidas permissões.”

Fonte: https://bit.ly/2lvkwx5

Continuar lendo
Quero deixar uma mensagem

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *