0
0
0
s2sdefault

0A LATAM Airlines Brasil foi suspensa temporariamente pelo Exército Brasileiro para o transporte de armas e munições no país. A decisão foi feita ontem (1) e comunicada pela Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados (DFPC) à diversos comerciantes de armamento no país.

A LATAM era, até então, a única companhia aérea no Brasil habilitada a transportar armamento (como pistolas, fuzis, munições e acessórios) desacompanhadas dos proprietários.

Um exemplo disso ocorre quando uma pessoa compra uma arma online, seja direto da fabricante como as brasileiras Imbel ou Taurus, ou importada como a Glock ou Smith & Wesson, ou até mesmo alguma usada de outra pessoa física. Neste caso, a arma pode ser enviada de uma cidade à outra por via aérea, e a LATAM era a única empresa habilitada pelo DFPC a esse processo.

A suspensão se deve à uma nova exigência do Exército, que agora obriga que as empresas de transporte possuam o CR – Certificado de Registro. Até a LATAM obter este certificado, os embarques de armas na companhia estão suspensos.

O CR é o documento que todo Caçador, Atirador, Colecionador, Comerciante ou Despachante de Armas possuí para ter a posse de armas, seja pela Polícia Federal ou pelo Exército Brasileiro. Para obter o CR como pessoa física é necessário ter 25 anos de idade completos, ocupação lícita, teste de aptidão psicológica e teste de tiro. Para as pessoas jurídicas (empresas) os requisitos variam, como comprovar capacidade de armazenamento do cofre.

Em nota ao AEROIN, a LATAM Cargo Brasil informa que “está em contato direto com o Exército Brasileiro e providenciando a regularização do seu certificado para novamente transportar os produtos controlados pela corporação”.

 

Fonte: https://bit.ly/3jrg0st

 

LOJA MAHRTE SP

GUNPASS

Gunpass

PRO ARMAS

OLGun

ANUNCIE AQUI

{loadformmaker 13}