0
0
0
s2smodern

© Sérgio Lima General Augusto Heleno comandará o Gabinete de Segurança Institucional no governo Bolsonaro

O futuro ministro do Gabinete de Segurança Institucional, General Augusto Heleno, comparou neste domingo (30.dez.2018) a posse de armas à posse de carros.

A posse da arma, desde que seja concedida a quem está habilitado legalmente, e essa habilitação legal virá por meio de algum instrumento, decreto, ou alguma lei, alguma coisa que regule, (…) se assemelha à posse de um automóvel“, disse.

Se formos considerar número de vítima, vamos ver que está em torno de 50.000 vítimas de acidente de automóvel [por ano]”, disse. “Se for considerar isso, vamos proibir o pessoal de dirigir”, complementou.

Heleno defendeu o anúncio de Bolsonaro de que editará 1 decreto para permitir o posse de armas. Segundo Heleno, o decreto é defendido pelo futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, e tem base legal.

Qualquer medida que altere dispositivos determinados em leis, como o Estatuto do Desarmamento, precisa ser discutido e aprovado pelo Congresso Nacional.

O futuro ministro evitou fazer comparações ou citar estatísticas e afirmou que “os dados são muito polêmicos em relação a outros países”.

A ampliação do acesso às armas foi uma das principais bandeiras do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

Fonte: https://bit.ly/2F6rNvS


GOLD SHOT - DESPACHANTE (SP)

CURSOS PROPOINT

TORNEIO SIG SAUER

PROMOÇÃO EXCLUSIVA

OLGun

Anuncie Aqui