0
0
0
s2smodern

Foto Eduardo Montecino/OCP News

Os últimos dois anos do esporte jaraguaense vem sendo marcado pela reativação de equipes adultas. Basquete, vôlei e handebol, por exemplo, ressurgiram para servir de inspiração aos atletas que despontam nos fortes trabalhos de base desenvolvidos no município. Porém, também há espaço para novas modalidades, presentes no cenário estadual. Assim como aconteceu com o beisebol no final de 2017, chegou a vez do tiro ao prato levar o nome de Jaraguá do Sul para competições em Santa Catarina e pelo Brasil.

Com o número crescente de adeptos, o esporte que era visto como diversão nas colônias alemãs e italianas no século XIX, hoje, já é olímpico, e aterrissa em uma terra reconhecida pelos inúmeros feitos conquistados no tiro armas longas há mais de três décadas.

Diferente das provas de carabina com resultados destinado em alvos, a nova categoria se baseia no disparo sobre um número específico de pratos, que tem forma de disco com 11 cm de diâmetro, e são feitos com argila, calcário e resina de pinus. O prato pesa em média 96 gramas e é lançado a uma velocidade de 42 milhas por hora (pouco mais de 67km por hora).

Os jaraguaenses seguem o modelo utilizado em Santa Catarina, que tem o maior núcleo de tiro ao prato no país, praticando nas modalidades de Trap Americano Single - onde é utilizado apenas um tiro para acertar cada prato lançado um a um -, e o Trap Double – lançamento de dois pratos simultâneos e consequentemente dois tiros utilizados.

Apesar de um esporte desafiador e enfrentando adversários experientes, a equipe de Jaraguá do Sul vem conquistando resultados expressivos desde o início do ano, em etapas do Campeonato Catarinense, Brasileiro e Liga Nacional.

Tudo fruto de um trabalho de amigos, que inauguraram o esporte na cidade e treinam de uma a duas vezes por semana, em um stand próprio em Schroeder. O objetivo? Tornar-se uma das principais forças do Estado.

Queremos sempre dar o melhor, sendo que Santa Catarina é reconhecida por ter os melhores atletas da modalidade no país. Mas nosso objetivo principal é estar entre as cinco melhores do Estado”, disse Rafael Rodrigues Antelo López, um dos integrantes do grupo de Jaraguá do Sul.

 

Estreia nos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc)

Das 15 modalidades que representam Jaraguá do Sul, a partir da sexta-feira (7/9/2018), na 58ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), o tiro ao prato é a maior novidade da delegação.

Serão nove atletas jaraguaenses na disputa pelo ouro do Trap Americano Single e Double: Rafael Antelo, Danilo Faggian, José Felippi, Elemar Baumann, Cícero Meinerz, Thiago Lange, Cleiton da Silveira, Guilherme Hass e Jean Pitta.

Estreante no evento, a equipe destaca a simples participação no Jasc como grande vitória para o tiro ao prato jaraguaense.

“Estamos contentes, porque conseguimos finalmente montar uma equipe com a bandeira de Jaraguá do Sul, sabendo que a cidade é a capital do tiro e não tinha uma equipe de tiro ao prato. Já iniciamos o projeto para ano que vem e a expectativa é muito boa com a entrada de novos atletas e de mais recurso”, afirmou Antelo.

Fonte: https://bit.ly/2NwKXOY


Cursos Propoint

TEES BRAZIL

Promoção Botas Vento

Anuncie Aqui